Bem vindo (extra – 4)

Despedi-me de si deixando no ar a questão, que se destinava tanto a si como a mim, se haveria mais algum ponto a favor da transformação dos textos deste blog num livro, mesmo tratando-se de um ebook. E consciente de não ser grande o trabalho de edição requerido, acrescento. Não sei o que acontece com o leitor, pois, como deve imaginar, comecei a escrever este post antes que o leitor tivesse a oportunidade de deixar qualquer comentário, mas eu já tenho uma resposta que terei todo o prazer em partilhar consigo, ainda que pense fazê-lo de forma muito sucinta. Algo a que o leitor está habituado e nem precisaria de ter referido. Vou mencionar apenas mais um ponto, terminando com ele a reflexão sobre o que o livro porventura terá de bom e dando desta forma um passo decisivo no que respeita ao alcançar do grande objetivo que é terminar esta nota de boas vindas. Ao acrescentar apenas um ponto posso dizer que junto desta vez à minha preocupação de não maçar o leitor o facto de que encontrar algo mais que pudesse ser inscrito nos aspetos positivos do livro teria dificuldade equivalente a encontrar uma agulha num palheiro. Num tempo em que já poucos palheiros existem nem as agulhas são muito usadas, essa seria uma tarefa hercúlea com a qual não me vou ocupar.

Trata-se do título, que será herdado do nome do blog. A probabilidade de ter saído zzzzzzz, xyztxyz ou mesmo tuvwxyz, embora pequena, precisamente 1/26^7, seria exatamente a mesma de ter saído matiori.

Os leitores portugueses não achariam piada a um título como as outras possibilidades que mencionei em que aparece apenas uma vogal no conjunto dos 3. Já os leitores alemães, que não se importam de ver em schloss um palácio, não veriam mal nisso. Mas eu, tendo os pés bem assentes na terra, e não esperando ter leitores alemães em número semelhante a qualquer dos que mencionei… Agora caí num dilema. Que palavra uso para completar a frase? Claro que, estando a escrever um blog, a palavra adequada seria “abaixo”, local para onde são remetidos posts mais antigos. Ou mesmo dizer post x da categoria y e o leitor encarregar-se-ia de o procurar no separador mais ao lado. Ou até mesmo usar outra e se calhar mais eficaz ferramenta de procura. Mas agora que a decisão de fazer um livro está tomada e sabendo eu que este post vai fazer parte dele, não deveria escolher outra palavra? “Acima”, talvez? Podia ser. O problema com o uso desta expressão muito comum em livros é se o leitor do blog, mercê de algum improvável descuido,

não se apercebe do momento em que o post é tornado público e pode dar-se o caso de de este post já ter sido remetido para baixo na altura em que ele vai ler o blog. “Acima” ganharia o significado de post mais recente. Isso poderia causar alguma confusão ao leitor. Mesmo para mim não seria muito bom. Repare que na fase de preparação do livro tinha que redobrar a atenção e verificar que o tal post estava mesmo acima. (Não se ria! Eu sei que o post que refiro já é bastante antigo, sendo pouco provável ficar na mesma página do livro. Mas não é impossível e eu não quero introduzir limitações artificiais ao tamanho do papel a usar. Não vejo razão para excluir à partida o tamanho A0 (algo parecido com o A4, mas com uma área de 1 m^2 para o papel e os 10 pontos para o tamanho da letra e distância entre linhas quase nula).

Assim sendo, vou completar a frase com “anteriormente” e pedir ao leitor que substitua as reticências que antes usei por esse advérbio. Terá que o fazer mentalmente, pois não tem poderes de administração sobre este blog, mas com estas advertências não há razão para para não seguir facilmente a minha linha de pensamento.

About these ads
Esta entrada foi publicada em boas vindas. ligação permanente.

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s